Inspirada no movimento mundial CowParade, a exposição DogArt são esculturas de 5 raças de cachorros feitas em fibra de vidro e em tamanho natural: buldogue, daschunddog alemão, galgo sentado e deitado e vira-lata.

dogart-sueli-dabusCom adesão de artistas globais e artistas plásticos como Bia Doria, Sônia Menna Barreto, Dasha, entre outros, as esculturas dos cães estão expostas em locais de grande circulação, como shopping centers, estações de metrô e museu. “A participação dos artistas nesse projeto é importante, porque agrega valor artístico a uma proposta de caráter social no tratamento aos animais de rua, sem contar a visibilidade dos trabalhos dos artistas na mídia nacional, diz Tânia Sciacco.

Os artistas foram selecionados de acordo com o trabalho desenvolvido por cada um. Os profissionais escolheram uma das cinco raças disponíveis e desenvolveram dois projetos que foram submetidos a análise do crítico de arte Enock Sacramento.

Para mim, participar de um projeto que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar dos animais é gratificante, sem contar a parte beneficente do projeto

Sueli Dabus escolheu o dog alemão e produziu a obra “Glamuroso” feito com tinta acrílica, folhas de ouro e prata e coleira de strass. “Para mim, participar de um projeto que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar dos animais é gratificante, sem contar a parte beneficente do projeto”.

Programação

As obras já foram expostas nas estações do metrô Vila Madalena e Santa Cecília, ambos na capital paulista e desde o dia 22 está no shopping Market Place, em SP

No período de 13 a 16 de maio, as mais de 100 obras serão reunidas para exposição no MUBE (Museu Brasileiro de Escultura), em São Paulo, que porconseguinte realizará um leilão, no dia 15 de maio, em prol da ONG Ampara Animal, sendo parte da venda destinada a esta ONG

Mais informações: www.dog.art.br

Matéria publicada em 2013.Inspirada no movimento mundial CowParade, a exposição DogArt são esculturas de 5 raças de cachorros feitas em fibra de vidro e em tamanho natural: buldogue, daschunddog alemão, galgo sentado e deitado e vira-lata.

Com adesão de artistas globais e artistas plásticos como Bia Doria, Sônia Menna Barreto, Dasha, entre outros, as esculturas dos cães estão expostas em locais de grande circulação, como shopping centers, estações de metrô e museu.

“A participação dos artistas nesse projeto é importante, porque agrega valor artístico a uma proposta de caráter social no tratamento aos animais de rua, sem contar a visibilidade dos trabalhos dos artistas na mídia nacional, diz Tânia Sciacco.

Os artistas foram selecionados de acordo com o trabalho desenvolvido por cada um. Os profissionais escolheram uma das cinco raças disponíveis e desenvolveram dois projetos que foram submetidos a análise do crítico de arte Enock Sacramento.

Sueli Dabus escolheu o dog alemão e produziu a obra “Glamuroso” feito com tinta acrílica, folhas de ouro e prata e coleira de strass. “Para mim, participar de um projeto que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar dos animais é gratificante, sem contar a parte beneficente do projeto”.

 

Programação

As obras já foram expostas nas estações do metrô Vila Madalena e Santa Cecília, ambos na capital paulista e desde o dia 22 está no shopping Market Place, em SP

No período de 13 a 16 de maio, as mais de 100 obras serão reunidas para exposição no MUBE (Museu Brasileiro de Escultura), em São Paulo, que porconseguinte realizará um leilão, no dia 15 de maio, em prol da ONG Ampara Animal, sendo parte da venda destinada a esta ONG

Mais informações: www.dog.art.brInspirada no movimento mundial CowParade, a exposição DogArt são esculturas de 5 raças de cachorros feitas em fibra de vidro e em tamanho natural: buldogue, daschunddog alemão, galgo sentado e deitado e vira-lata.

Com adesão de artistas globais e artistas plásticos como Bia Doria, Sônia Menna Barreto, Dasha, entre outros, as esculturas dos cães estão expostas em locais de grande circulação, como shopping centers, estações de metrô e museu.

“A participação dos artistas nesse projeto é importante, porque agrega valor artístico a uma proposta de caráter social no tratamento aos animais de rua, sem contar a visibilidade dos trabalhos dos artistas na mídia nacional, diz Tânia Sciacco.

Os artistas foram selecionados de acordo com o trabalho desenvolvido por cada um. Os profissionais escolheram uma das cinco raças disponíveis e desenvolveram dois projetos que foram submetidos a análise do crítico de arte Enock Sacramento.

Sueli Dabus escolheu o dog alemão e produziu a obra “Glamuroso” feito com tinta acrílica, folhas de ouro e prata e coleira de strass. “Para mim, participar de um projeto que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar dos animais é gratificante, sem contar a parte beneficente do projeto”.

 

Programação

As obras já foram expostas nas estações do metrô Vila Madalena e Santa Cecília, ambos na capital paulista e desde o dia 22 está no shopping Market Place, em SP

No período de 13 a 16 de maio, as mais de 100 obras serão reunidas para exposição no MUBE (Museu Brasileiro de Escultura), em São Paulo, que porconseguinte realizará um leilão, no dia 15 de maio, em prol da ONG Ampara Animal, sendo parte da venda destinada a esta ONG

Mais informações: www.dog.art.br

Outras Notícias